Quinta-feira , Dezembro 13 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Ricardo Moura vence Serras de Fafe
Ricardo Moura vence Serras de Fafe

Ricardo Moura vence Serras de Fafe

A edição 31 do Rali Serras de Fafe contou como uma surpreendente luta pela vitória. Se Ricardo Moura era já apontado como favorito, poucos acreditavam que o seu principal opositor fosse Miguel Barbosa.

Aliás, Barbosa não foi um opositor qualquer, pois chegou a trocar a liderança da prova várias vezes com Moura e terminou o rali no segundo lugar mas a uns fantásticos 1,7s, tendo os dois pilotos feito o mesmo tempo no derradeiro troço.

Felizmente para este rali que apareceu Barbosa, caso contrário o açoriano tinha ido a Fafe fazer um belo passeio de fim-de-semana, embora enfrentando um dos ralis mais difíceis de sempre em Fafe, devido ao péssimo estado dos troços.

Quanto a Pedro Meireles, esteve igual a ele próprio, mas neste rali a consistência só lhe permitiu o pódio, o que é excelente para o campeonato, mas a mais de 1m42s do líder, o que é de facto muito para quem conhece tão bem estes troços e dispõe de um Skoda.

Para José Pedro Fontes este rali terá sido bem difícil. A terra não é o seu piso de eleição, mas a paragem após tantos meses deixou as suas marcas, para um piloto que precisa de mais ritmo de competição para atingir os níveis de há dois anos.

A fiabilidade já se sabia que não era o forte dos Hyundai e isso ficou bem provado neste Rali Serras de Fafe. Quer Armindo Araújo quer Carlos Vieira tiveram um segundo dia bem mais competitivo que o primeiro e já andaram mais próximo de Moura e Barbosa, mas mesmo assim existe ainda um caminho a percorrer, como se prova pelo 5º e 6º lugares obtidos por estes pilotos.

O campeão das duas rodas motrizes teve em Fafe uma demonstração de força, vencendo e convencendo nesta categoria. Daniel Nunes em carro idêntico foi o segundo classificado depois de mais uma prova em alto ritmo, ficando no terceiro lugar Paulo Neto, que demorou muito a encontrar-se neste rali.

A Taça Nacional de Ralis foi ganha por Ricardo Matos no Lancer Evo IX, com uma vantagem de 2m30s para Fernando Teotónio em Lancer Evo VII e 2m59s para Pedro Sá em Lancer Evo IX.

No Regional Norte, Fernando Peres foi “rei”, vencendo com uma margem de 12,6s para Carlos Fernandes e 57,1s para Márcio Marreiros, todos em Lancer (IX, VI e IX).

A prova de abertura teve um esquema de troços para esquecer, como teve demasiados atrasos, ficando evidente que que muito existe a fazer do ponto de vista organizativo, perante uma parque de assistência tão valiosa como aquele que houve em Fafe.

Miguel Barbosa e Pedro Meireles foram penalizados 10s por falsa partida na super-especial. Esta decisão, que só surgiu no final do rali, não afetou Miguel Barbosa, mas fez com que Meireles perdesse o terceiro lugar para José Pedro Fontes, que assim vê cair-lhe um pódio quando já não o esperava. Lamenta-se, contudo, que esta penalização não tenha sido logo atribuída no final do primeiro dia, pois certamente que as estratégias dos pilotos para o segundo dia teriam sido diferentes.

Não foi muito feliz José Carlos Macedo neste seu regresso aos ralis, apesar de ser evidente que quem sabe não esquece. No primeiro dia capotou e já no decorrer do segundo, após o salto de Fafe, teve um problema físico obrigando a parar de imediato, tendo esperado muito tempo por assistência. Sem dúvida um caso aa rever. As melhoras ao piloto.

As diversas incidências da prova nem sempre permitem um decorrer célere da mesma e dentro dos horários. No primeiro dia a organização atrasou o rali para todos os pilotos fazerem os troços de noite (e bem), mas no segundo dia voltou a haver grandes atrasos por despistes, mesmo que a gravidade dos mesmos não tenha sido grande.

Apesar de não estar uma enchente em Fafe, a verdade é que foi um rali acompanhado por muita gente. Pareceu-nos que estiveram mais pessoas no primeiro dia do que no segundo. Talvez voltar à fórmula de um dia apenas seja a melhor solução para se mantenha o público durante todo o dia em Fafe.

 

PAULO HOMEM (www.ralisonline.net)

 

Scroll To Top