Sábado , Julho 20 2019
ÚLTIMAS
Home / RALI / Ricardo Teodósio quer repetir vitória no Rali de Castelo Branco
Ricardo Teodósio quer repetir vitória no Rali de Castelo Branco

Ricardo Teodósio quer repetir vitória no Rali de Castelo Branco

 

Ricardo Teodósio e José Teixeira abrem a fase de asfalto do Campeonato de Portugal de Ralis como líderes absolutos da competição. Dupla do Skoda Fabia R5 venceu em Castelo Branco em 2018 e volta a apostar na luta pela vitória no próximo fim de semana.

 

Quinta prova da temporada, o Rali de Castelo Branco é um evento que traz boas recordações a Ricardo Teodósio, que venceu a prova albicastrense em 2018 ao volante do Skoda Fabia R5. Uma performance que abre boas perspetivas ao atual líder do CPR, embora o percurso do rali tenha sido completamente reformulado para este ano.

“Estamos muito motivados para o início da fase de asfalto e o Rali de Castelo Branco pode ser um ponto importante na nossa época”, afirmou o piloto da Guia. “Depois da fase de terra, vamos testar esta segunda-feira no asfalto e tentar encontrar um bom set up, já que o campeonato deste ano está muito competitivo e é importante estarmos confiantes no carro para atacar. Estou convencido que estaremos novamente na luta pela vitória”, concluiu Ricardo Teodósio, que este ano já venceu o Rali Serras de Fafe e o Rali de Mortágua, além de ter obtido mais dois pódios do CPR nos Açores e no Rali de Portugal.

José Teixeira explicou que “este Rali de Castelo Branco deverá ter um percurso completamente diferente do de 2018, embora deva ser o rali mais rápido da época. Vamos fazer um teste na segunda-feira e depois é importante fazer um bom trabalho nos reconhecimentos da prova, para chegarmos ao rali confiantes e bem preparados. O nosso grande objetivo é reforçar o comando do CPR em Castelo Branco”, referiu o navegador algarvio.

Organizado pela Escuderia Castelo Branco, a quinta prova do CPR começa este sábado (22 de junho), com duas passagens pela especial de Vilas Ruivas (16,31 kms) e uma passagem por Foz do Cobrão (14,67 kms), a que se segue uma dupla passagem pela Super Especial “Reconquista” (2,02 kms). No domingo (23 de junho), os concorrentes terão duplas passagens pelas classificativas de Paiágua – Pé da Serra (12,59 kms), Dáspera – Sesmo – Salgueiral (12,24 kms) e Santo André das Tojeiras (13,96 kms), que perfazem o total de 128,91 quilómetros cronometrados.

 

Scroll To Top