Quarta-feira , Dezembro 1 2021
ÚLTIMAS
Home / RALI / Ricardo Teodósio venceu o Rally Vidreiro
Ricardo Teodósio venceu o Rally Vidreiro

Ricardo Teodósio venceu o Rally Vidreiro

A dupla Ricardo Teodósio – José Teixeira venceu, este fim-de-semana, a edição de 2021 de Rallye Vidreiro Centro de Portugal – Marinha Grande. Para além de serem os mais rápidos em seis das sete classificativas disputadas, a dupla algarvia, segunda classificada no Campeonato Portugal de Ralis, fez ainda a delicia dos milhares de adeptos que assistiram ao rali ‘in loco’ ou via LiveStream, com as suas sempre exuberantes abordagens às míticas curvas no Pinhal do Rei.

No final da prova, o vencedor só podia estar satisfeito: “Foi muito bom. Conseguimos vencer a grande maioria dos troços. Estamos todos de parabéns, tanto a equipa como nós. Este ano empenhámos muito tempo para poder lutar pelo título. A decisão do título fica para a última ronda do Campeonato. Aproveito também para dar os parabéns pela cobertura mediática da prova. Só assim conseguimos dar retorno aos nossos patrocinadores.”

Armindo Araújo chegava à Marinha Grande com ambições reais de renovar já o título de Campeão Nacional. No entanto, para o conseguir necessitava de vencer e, apesar do excelente andamento apresentado nas estradas da região centro, o piloto do Skoda Fabia Rally 2 Evo não conseguiu atingir o objetivo. “Vai ter que ser até ao fim. Tínhamos a possibilidade de conquistar o título aqui se vencêssemos. Não vencemos, venceu o Ricardo Teodósio e muito bem que fez uma excelente prova e está de parabéns. Nós fizemos o segundo lugar o que nos permite chegar à última hora sem necessitar de vencer”, destacou antes de deixar uma palavra para a organização: “Queria dar os parabéns à organização pelo excelente trabalho e pela cobertura LiveStream do evento.”

 

Bruno Magalhães e José Pedro Fontes, em Hyundai i20 Rally2 e Citroen C3 Rally2, respetivamente, travaram uma belíssima luta pelos lugares do pódio, com vantagem, no final, para Fontes que partilhou assim o pódio com Teodósio e Araújo, numa prova que já venceu por quatro vezes. “Não conseguimos aquilo que queríamos que era vencer. 

Não entrámos bem na primeira especial, mas no segundo dia queríamos dar a volta por cima, mas acabámos por ter um problema que não conseguimos resolver até à assistência e depois já nada era possível fazer para lutar pelo triunfo”, destacou antes de deixar o alerta: “Este tipo de cobertura feita pelo CAMG é necessária nos ralis e espero que todos os clubes tenham visto este streaming e que percebam o que é preciso fazer pelo Campeonato Portugal de Ralis.” Bruno Magalhães acabou por ter de se contentar com o quarto lugar, enquanto que o bracarense Miguel Correia, assegurou a quinta posição na prova organizada pelo Clube Automóvel da Marinha Grande.

No CPR2, para viaturas de Duas Rodas Motrizes, e depois do domínio e ritmo apresentado, Carlos Fernandes teria vencido senão tivesse sofrido de um problema no Peugeot 208 Rally4. Mas as corridas são mesmo assim e quem beneficiou foi o jovem Ricardo Sousa que assegurou a vitória no Rallye Vidreiro. Os pilotos marinhenses Ernesto Cunha e Rafael Cardeira completaram o pódio. No Campeonato de Portugal de RGT, Vítor Pascoal e confirmou o título, enquanto que nos Clássicos foi Nuno Carreira a subir ao degrau mais alto do pódio instalado na Praça Stephens, bem no centro da cidade Vidreira. Miguel Abrantes venceu entre os inscritos na Troféu KIA Picanto.

Neste fim-de-semana desportivo na Marinha Grande, as contas do Campeonato Regional Centro também ficaram definidas. Adruzilo Lopes venceu a prova ao volante de um Mitsubishi Lancer EVO IX, enquanto que a dupla André Cabeças – Bino Santos, com o segundo lugar, asseguraram o título no CCR.

&nbsp

Scroll To Top
Posting....