Quarta-feira , Março 20 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Salvador e Lobato vencem primeira corrida
Salvador e Lobato vencem primeira corrida

Salvador e Lobato vencem primeira corrida

Pedro Salvador (Norma M20FC) usou a vantagem de partir da pole-position para chegar na frente à curva um. Logo atrás vinha Miguel Barbosa (Tattus PY12), muito pressionado por Francisco Abreu (Tattus PY12) e José Pedro Faria (Wolf GB08).

A luta pelo segundo lugar permite que o homem da Speeedy Motorsport, se distancie e rapidamente consiga um vantagem de cerca de um segundo.

Logo atrás uma luta sem quartel. Barbosa, no Tattus do BP Ultimate Vodafone Team, é cada vez mais pressionado Francisco Abreu. Rodam colados, a menos de meio segundo, até que o Tattus do Team Novadrive aparece no segundo posto, decorria a terceira volta.

José Pedro Faria tenta um lugar no pódium, mas pouco depois perde para Gonçalo Araújo. Com oito voltas disputadas esta era a luta do momento, pois logo de seguida o homem do wolf recupera o posto.

Na frente Pedro Salvador, vê Francisco Abreu a chegar-se um pouco mais. Aparentemente o  Tattus está mais rápido cerca de duas três décimas por volta. É também por altura que o madeirense faz a melhor volta, em 1m 43,963s.

Dez voltas decorridas e a diferença entre os dois primeiros é de oito décimas.

Nos C3 Paulo Sá Silva gere a vantagem de cerca de seis segundos e meio sobre Gonçalo Rodrigues, ambos em Radical SR3.

Com a janela de troca de pilotos aberta, tudo indica que a gestão de troca de pilotos vai ser decisiva. Mas um golpe de teatro deixe Pedro Salvador à vontade na liderança.

Francisco Abreu ruma para a box com a frente do Tattus em mau estado, depois de dar um toque no Radical de Paulo Sá Silva, que por seu lado entra na box à 13ª volta. Azar para o angolano, que perde uma dúzia de voltas na box.

Nas trocas, José Pedro Faria passa o volante a Miguel Cristóvão, que ao retomar a prova terá excedido a velocidade máxima permitida no pit lane e portanto, teve que cumprir um “drive through”, ou seja uma passagem extra pelas boxes, como forma de penalização.

Penalização também para Francisco Abreu e Armando Parente, por terem feito a troca de pilotos, já com o período devido, encerrado. Outro “drivethrough” para acrescentar ao rol das penalizações.

Rafael Lobato passa para o volante do Norma e rapidamente está na frente da corrida, com uma vantagem de cerca de 13 segundos sobre Ivo Nogueira, que substituiu Miguel Barbosa aos comandos do Tattus.

Gonçalo Araújo corre atrás do terceiro lugar e não que olhar para os retrovisores. Miguel Cristóvão está a mais de meio minuto, depois da penalização.

Nos C3, Gonçalo Rodrigues é agora o comandante descansado. Roda no quinto posto da geral, enquanto os seus principais adversários, Miguel Lobo e Paulo Sá Silva perdem tempo na box.

Rafael Lobato controla a corrida na fase final. O pódium está decidido:

Rafael Lobato e Pedro Salvador (Norma M20FC) vencem a primeira corrida do fim-de-semana. Ivo Nogueira e Miguel Barbosa (Tattus PY12) são os segundos. Gonçalo Araújo encerra o pódium.

Gonçalo Rodrigues (Radical SR3) corta a meta em quinto, logo atrás Miguel Cristóvão, e vence a categoria.

O CNV regressa à actividade às 10.30 horas de amanhã, Domingo.

 

Scroll To Top