Segunda-feira , Julho 22 2019
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Sebastian Bühler discute título em Portalegre
Sebastian Bühler discute título em Portalegre

Sebastian Bühler discute título em Portalegre

 

Jovem piloto da Yamaha quer ser campeão absoluto aos 23 anos

 

Depois de ter conquistado o primeiro titulo nacional em todo-o-terreno com apenas 20 anos, quando conquistou em 2014 a vitória na Classe TT1, o jovem Sebastian Buhler poderá aos 23 anos sagra-se campeão absoluto de uma disciplina onde Portugal regista já dois títulos mundiais.

 

Para alcançar este importante objetivo, o jovem piloto que só este ano transitou para a classe TT2 onde competem motos de maior cilindrada, necessita vencer a Baja ou então de se classificar em segundo lugar, desde que o seu adversário direto não fique à sua frente.

 

Sebastian Buhler já alcançou três vitórias no CNTT desta temporada, a última das quais na recente Baja TT Idanha-a-Nova. Em 2016 Sebastian Buhler terminou a Baja Portlagre 500 em segundo lugar.

 

Paralelamente à disputa do título nacional Sebastian Bühler continua a fazer uma importante e proveitosa abordagem às provas internacionais tendo conquistado um excelente quarto lugar absoluto no Panafrica Rally que no inicio deste mês se disputou e Marrocos.

 

Sebastian Bühler assume que “gosto imenso desta prova. Tem pista fantásticas. Estou muito motivado, sinto-me preparado e, nesta competição, o objetivo não é só conquistar uma boa posição, o objetivo é claramente é ganhar e é nisso que estou apostado. Temos trabalhado muito na mota desde a última competição para que a esteja no seu melhor que é o que esperamos”, revela o jovem piloto.

 

A Baja Portalegre tem início no dia 26 de outubro, quinta-feira, com as habituais verificações técnicas e administrativas. Para o final do dia está agendada a Cerimónia de Partida no Jardim do Tarro, em Portalegre. No dia seguinte os pilotos vão realizar o tradicional prólogo na Herdade das Coutadas e disputar também um primeiro setor seletivo de cerca de 76 km que vai conduzir a comitiva de Ervedal, Avis a Portalegre. Para o Sábado está reservada a realização da segunda etapa, com partida e chegada a Portalegre, num total de 350 km. Um troço cronometrado sem paragens, excluindo as das habituais zonas de assistência que se encontram ao longo do percurso.

 

Scroll To Top