Quinta-feira , Junho 17 2021
ÚLTIMAS
Home / MONTANHA / Sem Europeu em 2020… Faggioli e Merli “refugiaram-se” nas provas à porta fechada
Sem Europeu em 2020… Faggioli e Merli  “refugiaram-se” nas provas à porta fechada

Sem Europeu em 2020… Faggioli e Merli “refugiaram-se” nas provas à porta fechada

 

 

As duas estrelas maiores do Campeonato da Europa de Montanha, Simone Faggioli e Christian Merli, não escondem, a dois dias do regresso, na Rampa de Boticas, a uma competição internacional, que “2020 foi um ano difícil e complicado, com o cancelamento do Europeu devido à pandemia da covid-19”. Os dois pilotos que somam, em conjunto, 13 títulos da categoria máxima, para não ficarem inativos decidiram correr no campeonato italiano de montanha.

 

“Foi uma sorte a federação italiana, com um rígido protocolo de segurança, ter conseguido organizar um campeonato com seis provas, ainda que à porta fechada, ou seja sem espetadores. No entanto, se foi ótimo para não ficar parado, senti muito a falta do Europeu… Aliás, já o ano passado estava muito curioso para vir a Boticas, uma prova que iria estrear-se no campeonato”, comenta Faggioli, que no final acabou essa época atípica, apenas em território italiano, no primeiro lugar, à frente do seu rival Merli…

 

Depois de um 2020 que vai perdurar na memória coletiva, Faggioli confessava, ao fim de dois dias em Boticas. “Dá-me uma grande sensação de liberdade estar aqui, em Portugal. Claro que esta temporada no Europeu não vai ser fácil, pois ainda há muito receio e não existe a tranquilidade de outros tempos”.

Merli destaca a espetacularidade do traçado da Rampa de Boticas, “veloz e muito técnico” e o “excelente trabalho de segurança efetuado pela organização”.  E quando questionado sobre o previsível duelo com Faggioli na luta pela vitória na prova de abertura do Europeu, adianta:

“É provável que eu e ele [Faggioli] sejamos os favoritos. Espero ser eu a vencer, mas há outros pilotos que podem surpreender. Sendo a primeira corrida do ano, dará para ver o nível em que cada um se situa”.

O piloto que soma maior número de títulos (11) de campeão europeu de montanha  diz que o seu Norma M20 FC foi alvo de algumas evoluções no Inverno e acredita ter encontrado um bom equilíbrio.

“Já fiz este ano uma prova em Itália, tipo treino, e o carro pareceu-me muito bem. Creio que se poderá repetir o mesmo duelo de sempre com o Merli, vamos ver. De resto, considero a rampa de Boticas muito bonita e segura, o que é muito importante”, declarou Simone Faggioli.

 

A Rampa de Boticas (8/9 maio), que será a prova de abertura do Campeonato da Europa de Montanha e segunda jornada do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group, pode ser acompanhada, este sábado e domingo, em live streaming:

 

www.facebook.com/events/449537732831512/?active_tab=discussion

www.youtube.com/user/DEMOPORTO

&nbsp

Scroll To Top