Quarta-feira , Outubro 27 2021
ÚLTIMAS
Home / RALI / Só deu Kumho em Portimão!
Só deu Kumho em Portimão!

Só deu Kumho em Portimão!

 

 

A 3ª prova do Campeonato Sul de Ralis transformou-se numa demonstração de poder e qualidade dos pneus Kumho. Pódio completo à Geral e nas Duas Rodas Motrizes selaram o domínio avassalador que incluiu ainda nove dos dez primeiros da classificação global final.

 

Viana Martins e Vítor Viegas fizeram história no Rali de Portimão 2021. A dupla do Renault Clio RS 2.0 deu aos pneus Kumho mais uma vitória à geral, com o acrescido bónus do feito ter sido alcançado aos comandos de um carro com duas rodas motrizes, façanha que, a sul, tinha acontecido pela ultima vez há 5 anos atrás!

Autores de uma prova sempre ao ataque. Martins e Viegas herdaram o comando da prova a meio do rali e capitanearam a “armada” Kumho em direção à sua vitória e a mais um pleno no pódio da geral da prova, triunfando, como é óbvio, nas lides da Divisão 2 do Desafio Kumho Portugal, que em Portimão teve mais uma jornada dupla, a pontuar para os Desafios Asfalto e Sul.

Atrás de si, também Rui Rijo e Miguel Luz (Mitsubishi Lancer Evo VIII MR) quiseram fazer história, com o piloto da PoolShop Algarve a alcançar o primeiro pódio absoluto da sua carreira, ficando num excelente 2º lugar da geral, a 21.7s de Viana Martins, vencendo ainda nas contas da Divisão 1 Kumho.

Filipe Silva/Ricardo Martins (Citroën Saxo VTS) assinaram uma exibição notável, onde a rapidez fez equipa com a segurança, rodando sempre entre os melhores. O 3º lugar final é justíssimo e até poderia ter sido melhor, não fosse um furo na última especial.

E a senda de domínio avassalador Kumho continua quando descemos no top dez.

Vítor Vilela/Edgar Gonçalves (Peugeot 208 R2) foram quartos classificados da geral e segundos na Divisão 1 Kumho, depois de demonstrarem muita eficácia ao longo de todo o traçado contra o cronómetro.

Prova muito positiva foi também assinada por Nuno Carujo e Daniel Martins no Mitsubishi Lancer Evo IX). O 5º lugar da geral coloca-os agora a apenas dois pontos da liderança absoluto do CSR. Em Portimão, lograram ainda ser terceiros nas contas da Divisão 1 Kumho.

Já Paulo Anselmo e Pedro Dias da Silva transformaram a prova de Portimão numa operação a rondar a perfeição para as suas aspirações nas “frentes de combate” em que estão inseridos. A dupla do BMW 316i Compact ultrapassou as dificuldades que foram surgindo e rematou a sua performance com um 6º lugar à geral e o 3º posto nas contas da Divisão 2 do Desafio Kumho Portugal.

Marco Reis/Volodymyr Velykyy (Mitsubishi Lancer Evo VII), e Vasco Tintim/Filipa Tintim (Subaru Impreza WRX STi) fecharam o top cinco da Divisão 1 Kumho, sendo, respetivamente, oitavos e décimos da geral.

Pelo meio, encontrámos a dupla formada por Luís Nascimento e Leonildo Madeira. Sempre muito lestos com o Opel Corsa A, lograram assinar um excelente 9º lugar da geral, reclamando ainda o 4º posto nas contas da Divisão 2 Kumho. Trevor Strecht e Stephen White colocaram o seu VW Golf GTi no 5º lugar, enquanto Jaime Falcão e André Silva levavam o Mazda 323 a um positivo 6º posto final na Divisão Kumho 2.

No campo dos abandonos, encontrámos ainda as equipas Kumho Nuno Silva/Fernando Gonçalves (Peugeot 206 XS) com falta de gasolina, Paulo Nascimento/Vítor Cabrita (Peugeot 205 XL) com a junta do motor queimada, Bonito Ramos e Florival Neto a braços com problemas de aquecimento de motor do Peugeot 207 e Eduardo Modesto/Guilherme Sousa (Suzuki Swift Sport) com uma saída de estrada.

João Filipe Monteiro e Ana Paula Vieira voaram na 1ª PEC, fazendo o 3° tempo à geral, mas desistiriam logo a seguir com uma avaria na direção assistida do Renault Clio RS.

João Bica e João Sena (Mitsubishi Lancer Evo IX), faltaram à partida por motivos particulares. Também Marco Ferreira não alinhou por atraso na montagem do Citroen Saxo.

O 4º Desafio Kumho Portugal continua já no próximo fim-de-semana com o Rali Vidreiro, a contar para os Desafios Kumho Asfalto e Centro.

&nbsp

Scroll To Top
Posting....