Domingo , Abril 21 2019
ÚLTIMAS
Home / RALI / STÉPHANE LEFEBVRE CONFIANTE NA VITÓRIA NA MADEIRA
STÉPHANE LEFEBVRE CONFIANTE NA VITÓRIA NA MADEIRA

STÉPHANE LEFEBVRE CONFIANTE NA VITÓRIA NA MADEIRA

REGRESSO AO VOLANTE DO CITROËN DS 3 R5

Stéphane Lefebvre e Gabin Moreau, pilotos oficiais da Citroën Racing no Mundial de Ralis (WRC), irão defender as cores da equipa Citroën Vodafone Team no Rali Vinho Madeira.

O Citroën DS 3 R5 será aqui o primeiro carro na estrada, decorrendo do estatuto de piloto prioritário FIA, marcando o regresso do piloto francês ao volante da viatura que, em 2015, foi o seu maior aliado na categoria WRC2.

Apesar de nunca terem estado na Madeira, Lefebvre e Moreau estão confiantes de que poderão alcançar a vitória na Pérola do Atlântico.

Quanto a José Pedro Fontes, habitual piloto oficial da equipa Citroën Vodafone Team, ainda em processo de recuperação do acidente sofrido em maio passado, estará na Madeira para incentivar o seu substituto, mas também como um dos responsáveis da estrutura, a Sports & You, que para além de preparar o DS 3 R5 agora entregue a Lefebvre, inscreve um segundo DS 3 R5 para a dupla Carlos Vieira/Jorge Carvalho.

Disputado entre os dias 3 e 5 de agosto, o Rali Vinho Madeira compõe-se de 19 Classificativas (201,96 km) divididas pelas 2 Etapas da prova que tem um percurso total de 853,37 km.

 

Stéphane Lefebvre e Gabin Moreau são os cabeças-de-cartaz da edição de 2017 do Rali Vinho Madeira, surgindo na Pérola do Atlântico aos comandos do Citroën DS 3 R5 “Campeão Nacional” da equipa Citroën Vodafone Team, em substituição de José Pedro Fontes e Inês Ponte, os habituais pilotos da equipa lusa.

Trata-se de uma presença que se confirmou no início do corrente mês de julho e que, naturalmente, tem concentrado muitas das atenções da imprensa especializada, nacional e internacional, naquele que é um caso único em Portugal, de uma dupla com estatuto oficial de um construtor do Campeonato do Mundo de Ralis (WRC) a correr uma prova do Campeonato Nacional de Ralis (CNR).

A dupla francesa estará aos comandos de um carro que que não é de todo desconhecido para Lefebvre, pois parte significativa da sua evolução como piloto de ralis foi feita aos comandos de um Citroën DS 3 R5, quando disputou algumas provas da categoria WRC2 do Mundial de Ralis, nas temporadas de 2014 e 2015.

“Estou ansioso pelo início do Rali da Madeira, nomeadamente por ser a primeira vez que disputo esta prova. Espero conseguir uma vitória nesse fim-de-semana, mesmo tendo em conta o valor dos pilotos locais e pelo facto de ser uma prova pontuável para o Troféu Europeu”, começou por referir Lefebvre.

No que se refere à relação entre as especiais e o seu carro, “os troços parecem-me muito interessantes e pela minha experiência com o DS 3 R5 – a minha última vez foi em 2016, num rali do Campeonato de França – recordo-me que o carro é muito competitivo no alcatrão e tenho muita confiança, pelo que posso fazer um bom rali. Acho que é o carro perfeito para este rali e mesmo não conhecendo o Rali Vinho Madeira, se conseguirmos evitar erros e fizermos uma boa prova, a vitória está ao nosso alcance.”

A participação de Lefebvre e Moreau nesta prova do CNR integra-se no programa de desenvolvimento da dupla francesa no domínio dos ralis, sendo complementar às várias sessões de testes da equipa oficial da Citroën Racing para os ralis do WRC 2017, estes disputados com o Citroën C3 WRC, um dos carros de nova geração da disciplina. Ausente dos Rali da Finlândia (que se corre este fim de semana) e também do Rali da Alemanha (a disputar em Agosto), a dupla francesa mantém-se, deste modo, em atividade até ao Rali da Catalunha e prossegue o seu crescimento profissional e de conhecimentos. No caso específico da Madeira, Lefebvre irá ficar a conhecer por dentro um dos mais exigentes ralis de asfalto da Europa, elevando a sua especialização em troços de alcatrão.

 

Scroll To Top