Segunda-feira , Maio 27 2019
ÚLTIMAS
Home / RALI / Suécia com pouco gelo e temperaturas altas?
Suécia com pouco gelo e temperaturas altas?

Suécia com pouco gelo e temperaturas altas?

 

O Rally da Suécia que tem o seu inicio marcado para amanhã a noite, tem suscitado alguma apreensão por parte de algumas equipas participantes. Se nas ultimas semanas os fortes nevões que caíram naquelas paragens do norte da Europa garantem a existência de bancos de neve próximos à estrada, as temperaturas registadas acima do normal para esta altura do ano, poderão “amolecer” esses mesmos bancos e os tornar uma verdadeira armadilha, nos quais os carros poderão ficar presos.

Mas a principal preocupação está na fina camada de gelo (4 cm apenas) que cobrem a maior parte dos troços de terra que fazem parte do programa, que se não apresentarem uma espessura superior – após uma dupla passagem de 60 carros com pneus com pregos, afectarão a aderência ao solo com os próprios pregos, que podem-se dobrar ou partir, afectando e muito o comportamento do carro. Os pneus que equipam os WRC não têm a mesma largura que os R5 ou os R2 que saem depois, logo esse detalhe pode ser prejudicial para aqueles que abrem a estrada nas segundas passagens….

De acordo com os diferentes serviços meteorológicos as temperaturas mínimas serão mais altas do que no Rallye de Monte-Carlo, (na Suécia o ideal seriam à volta dos 8/9 graus negativos) mas as temperaturas máximas esperadas entre os 4 ou 5 graus Celsius, poderão ser o suficientes para manter o estado do piso praticável com a utilização de pneus com pregos, desde que não aja um degelo acentuado. Uma mistura de gelo derretido com terra, resultam numa estrada lamacenta que se degrada muito rapidamente….

Sebastien Ogier: “Até agora, as condições são muito boas, e espero que sejam as mesmas para este fim de semana. Infelizmente, parece que as temperaturas irão subir durante a prova, mas espero que não seja muito quente. Se as atuais condições continuarem assim, não há problema em abrir a estrada. Nós vimos no ano passado o pesadelo que poderá ser o primeiro na estrada. Nós só esperamos que seja melhor este ano. Teremos que ver o estado das especiais nas segundas passagens, mas receio que com uma fina camada de gelo, a terra comece a aparecer muito rapidamente.”

Sébastien Loeb:
“Pode ser o mais emocionante rali da temporada se tiver muito gelo e sol, mas pode ser muito difícil se a chuva cair e derreter a neve, logo naturalmente esperamos ter boas condições.”

Esapekka Lappi.
“Se as condições forem as mesmas encontradas nos testes, com uma camada de gelo tão fina que apareceu de repente a terra, teremos que ver como serão as segundas passagens.”

Ordem de partida para a 1.ª Etapa, a mais longa com 139.31 km e 3 duplas passagens:
1.º Sébastien Ogier; 2.º Thierry Neuville, 3.º Ott Tänak, 4.º Kris Meeke, 5.º Sébastien Loeb, 6.º Jari-Matti Latvala, 7.º Teemu Suninen, 8.º Pontus Tidemand, 9.º Esapekka Lappi; 10.º Elfyn Evans, 11.º Andreas Mikkelseen …..

CARLOS DA SILVA

 

Scroll To Top