Terça-feira , Dezembro 11 2018
ÚLTIMAS
Home / RALI / Suécia confirmado por mais três anos (por Carlos da Silva)
Suécia confirmado por mais três anos (por Carlos da Silva)

Suécia confirmado por mais três anos (por Carlos da Silva)

 

Depois de uma intensa semana vivida sobre uma enorme pressão mediática, onde a falta de neve levou a um redobrado esforço logístico e financeiro no sentido de recuperar alguns dos troços bastante degradados devido a passagem dos participantes e do habitual tráfego aquando dos habituais reconhecimentos, o Promotor do WRC estabeleceu com a organização da prova sueca um novo contrato válido por mais três anos.
Com esta decisão, a edição de 2016 que entrou para a história do WRC como sendo a prova mais curta de sempre – 226.48 Km contra o cronometro, ou seja cerca de 32 % de quilometragem inicialmente prevista e posteriormente anulada como atestam os nove troços cancelados, coloca um ponto final nos rumores que apontavam o Canada e Japão como possíveis candidatos a substituíram a hipotética saída da Suécia do calendário do Mundial.
Glenn Olsson,o CEO do Rali da Suécia, afirmou que: ” Uma semana atrás, estávamos mais mortos do que vivos e não se vislumbrava nenhum futuro risonho para a nossa prova. Agora que mais uma vez conseguimos ultrapassar todas as dificuldades é uma sensação incrível sermos capazes de confirmar que acordámos sobre um novo contrato de três anos. Temos uma organização absolutamente incrível que prova que podemos sobreviver nas mais difícil circunstancias “.
Oliver Ciesla, CEO do Promotor WRC que detém os direitos comerciais para o Campeonato do Mundo de Ralis, que na prática decide quais as provas que calendário deve ostentar, ficou muito satisfeito com a forma como a edição do Rali da Suécia deste ano evoluiu. “Foi um grande desafio para os organizadores do Sweden Rally mas eles fizeram um trabalho fantástico. Organizar uma competição com a Suécia e a Noruega são muito importantes para nós, pois são dois dos nossos mercados mais importantes. Há muitos fãs, muitos pilotos e uma grande tradição. A única coisa que não queremos é a “apostar” na lotaria para que tenhamos neve ou não. A única coisa que deve ser feita é que os organizadores têm de encontrar condições para que a presença de neve seja mais confiante, para que o Rali seja realmente de inverno. Eu tenho tanta paixão por ralis de inverno, que eu não me importaria de ter duas provas do género no Calendário. Podemos fazê-lo atendendo ao nosso plano de crescimento….”

 

Scroll To Top