Sexta-feira , Setembro 20 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Super Seven by Toyo Tires abre com confrontos emocionantes
Super Seven by Toyo Tires abre com confrontos emocionantes

Super Seven by Toyo Tires abre com confrontos emocionantes

Espectáculo e emoção marcaram o arranque da décima temporada do Super Seven by Toyo Tires. O extenso plantel da competição organizada pela CRM Motorsport preencheu a grelha de partida do Circuito do Estoril para duas corridas cheias de ultrapassagens e incerteza relativamente aos vencedores até à bandeirada de xadrez. No final, o destaque maior vai para Ricardo Megre, que obteve dois triunfos entre os 420R, para Sérgio Saraiva e para Rodrigo Galveias, os mais fortes nos S1600, e para Pedro Falé, que foi superior na classe Business.

O dia começou com a chuva a ditar as regras. Os pilotos tiveram de se preparar para correr com o piso molhado depois de, na véspera, a qualificação ter sido disputada em seco. José Carlos Pires, Sérgio Saraiva e Pedro Falé saíam da pole nas respectivas categorias – 420R, S1600 e S1600 Business.

As primeiras voltas ditaram muitas alterações na classificação, mas José Carlos Pires conseguiu manter-se em primeiro. A correr de trás para a frente, Ricardo Megre, que ontem tinha sofrido uma penalização por ter menos peso do que o que devia no carro, recuperava posições. Saiu da sexta fila da grelha de partida e, ao cabo de umas voltas, já era segundo atrás do líder. A partir daí, Pires e Megre discutiram a vitória com vantagem para o segundo que ainda estabeleceu a melhor volta. Mais à vontade a correr com o piso molhado do que seco, Luís Calheiros Ferreira completou o pódio.

Destaque, ainda, para Gonçalo Lobo do Vale. No regresso a uma competição em que já conquistou resultados importantes, estreou-se na categoria principal com um quarto lugar. Francisco Villar e Ricardo Rajani não traduziram o bom desempenho nos treinos cronometrados. O primeiro terminou em sétimo, enquanto Rajani foi quinto. Pelo meio ficou Yohan Sousa e Jota Jota Magalhães obteve o oitavo lugar na primeira corrida de 420R.

“Foi a terceira vez que andei neste carro, a primeira com pneus novos. Tive de arrancar de última nas duas corridas. Recuperei um lugar de cada vez. Dei o meu melhor, volta a volta. Achei que era impossível apanhar o José Carlos Pires, mas aproximei-me, nunca baixei os braços. Tivemos um duelo engraçado com várias ultrapassagens. Foi uma luta aguerrida até ao fim e fiz a melhor volta no fim. Foi uma boa recompensa pelo esforço”, afirmou o vencedor, Ricardo Megre.

No confronto reservado aos S1600, Sérgio Saraiva voltou a sentir o motor do seu Super Seven “preso”. Mas isso não o impediu de entrar a ganhar e validar os bons indicadores deixados na qualificação, quando conseguiu a pole. “Apesar das limitações que senti por causa do motor, o fim-de-semana foi perfeito. Consegui a pole, a vitória e a volta mais rápida. Mas tenho noção que o fiz porque a pista estava húmida. Em condições de seco, era muito difícil acompanhar os meus adversários mais rápidos”, explicou Sérgio Saraiva.

 

Saraiva deixou Bernardo Bello e Rodrigo Galveias na segunda e na terceira posições, respectivamente, depois de terem protagonizado várias trocas de lugares ao longo de toda a corrida. Destaque, ainda, para Luís Filipe Oliveira. O piloto estreou-se na competição com um quarto lugar, mas na peugada do terceiro classificado.

Um pião durante a corrida deixou Pedro Falé sem saber se a corrida lhe tinha corrido bem. Mas quando soube a classificação, não escondeu a satisfação por começar o ano a ganhar na classe Business. “Foi um belo início de época. Pole e vitória na primeira corrida. Agora vou tentar melhorar na geral dos S1600”, comentou o piloto que corre com o número 10, o mesmo que a sua filha utiliza nos jogos de basquetebol.

A segunda corrida fechou o preenchido programa do International GT Open, para o qual o Super Seven by Toyo Tires contribuiu com dois interessantes confrontos. O sol de fim de tarde proporcionou uma pista seca e novas condições que os pilotos tinham de enfrentar. Entre os 420R, a discussão pelos primeiros lugares foi aguerrida no início. José Carlos Pires saiu na frente e teve em Ricardo Megre, que recuperou vários postos nas primeiras voltas, o principal opositor. Quando os dois ocuparam as duas primeiras posições, houve luta acesa, mas sempre respeitadora, pela liderança. No final, Ricardo Megre voltou a subir ao lugar mais alto do pódio, mas com uma curta vantagem para o seu principal rival. “Senti o carro sem frente. Para fazer uma volta não havia problema, mas criou dificuldades ao longo da corrida”, lamentou Pires.

Por sua vez, Ricardo Megre não escondeu a satisfação pelo resultado alcançado. “Soube muito bem, principalmente porque parti sempre de último. Tive um desafio acrescido. Mas sei que ainda tenho muito trabalho pela frente. O José Carlos Pires também não tinha o carro ao gosto dele, por isso, a vitória não diz nada, mas quero continuar a melhorar o carro porque acho que ainda há muito para fazer, inclusivamente, eu próprio ao nível da condução”, afirmou Ricardo Megre.

Luís Calheiros Ferreira estava receoso por ver a pista a secar e por não se sentir competitivo nestas condições, “mas as alterações feitas em relação às afinações usadas em qualificação, resultaram”, disse o piloto que voltou a fechar no pódio.

A corrida dos S1600 teve protagonistas completamente diferentes da primeira contenda do fim-de-semana. Rodrigo Galveias esteve em bom plano e conquistou a primeira vitória nesta categoria. É o progresso do piloto que em 2017 se destacou na classe Business. O jovem deixou Pedro Lacerda na segunda posição, enquanto Bernardo Bello terminou o fim-de-semana com nova subida ao pódio, desta feita no terceiro lugar.

“Foi uma excelente maneira de acabar o fim-de-semana. Tivemos problemas no transponder durante a qualificação, e na primeira corrida parti de último. Ainda pensei que conseguia chegar a primeiro, mas quando decidi atacar já era a última volta e acabei em terceiro. Na segunda corrida, parti de primeiro, caí na classificação, mas recuperei o lugar e fiz as últimas três voltas sempre na frente”, contou o vencedor dos S1600, Rodrigo Galveias.

Em excelente plano desde a qualificação, Pedro Falé coroou de forma perfeita o fim-de-semana de início de época. O piloto já tinha alcançado a pole para as duas corridas, venceu a primeira e concluiu a sua participação com novo triunfo, desta vez à frente de José Kol de Almeida, segundo, e de Nuno Afonso, que ficou em terceiro.

O Super Seven by Toyo Tires prepara-se, agora, para a primeira saída de Portugal. A segunda jornada desta competição vai realizar-se no primeiro fim-de-semana de Junho, entre os dias 2 e 3, em Espanha, no Circuito de Jarama, nos arredores de Madrid.

Resultados das corridas do Super Seven by Toyo Tires – Estoril 1

Corrida 1

Clas.       Nº           Piloto                                                    Cat.                        Voltas    Tempo/Dif.

1             17           RICARDO MEGRE                                 420R                      13           26’28.000

2             53           JOSE CARLOS PIRES                            420R                      13           1″140

3             8             LUIS CALHEIROS FERREIRA                 420R                      13           27″490

4             30           GONÇALO LOBO VALE                       420R                      13           34″828

5             33           RICARDO RAJANI                                 420R                      13           34″843

6             212         YOHAN SOUSA                                    420R                      13           35″787

7             34           FRANCISCO VILLAR                             420R                      13           47″076

8             21           JOTA JOTA MAGALHAES                    420R                      13           51″937

9             3             PAULO MACEDO                                 420R                      13           1’00″316

10           23           PAULO COSTA                                     420R                      13           1’00″589

11           13           SÉRGIO SARAIVA                                 S1600                    13           1’28″924

12           57           BERNARDO BELLO                              S1600                    13           1’30″952

13           29           RODRIGO GALVEIAS                           S1600                    13           1’30″980

14           28           PAULO GALVEIAS                                420R                      13           1’31″776

15           24           LUIS FILIPE OLIVEIRA                          S1600                    13           1’32″278

16           19           DUARTE LISBOA                                  420R                      13           1’40″630

17           37           PEDRO LACERDA                                 S1600                    13           1’47″994

18           10           PEDRO FALÉ                                         S1600 Business    12           1 Lap.

19           44           NUNO AFONSO                                   S1600 Business    12           1 Lap.

20           77           FREDERICO BRION SANCHEZ             S1600 Business    12           1 Lap.

21           9             BRUNO MARTINS                                 S1600                    11           2 Lap.

22           18           MIGUEL LOBO                                     S1600 Business    11           2 Lap.

NOT CLASSIFIED

23           36           ANTONIO NUNES ALMEIDA               S1600 Business    8             18’29.544

24           12           JOSE KOL ALMEIDA                            S1600 Business    2             04’52.848

 

Scroll To Top