Quinta-feira , Novembro 14 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Super Seven by Toyo Tires despede-se de Portimão com mais uma grande corrida!
Super Seven by Toyo Tires despede-se de Portimão com mais uma grande corrida!

Super Seven by Toyo Tires despede-se de Portimão com mais uma grande corrida!

 

 

  • Pedro Salvador, Bernardo Bello e José Kol Almeida triunfaram nos 420R, S1600 Pro e S1600 Business

 

  • Títulos das três categorias serão decididos na última prova da temporada, no Estoril Racing Festival

 

 

Viveu-se hoje mais uma corrida de antologia no Super Seven by Toyo Tires, com Pedro Salvador a vencer à geral e nos 420R, Bernardo Bello a triunfar na S1600 Pro e a dar grande réplica aos pilotos britânicos da 7 Race Series e José Kol Almeida a repetir a 1ª posição obtida no Sábado, coroando um fim-de-semana perfeito para as suas aspirações ao título da S1600 Business.

 

Partindo da pole-position entre os 420R, J.J. Magalhães (Team Norte) foi ‘engolido’ no arranque, sem hipóteses de se defender da aspiração dos cones de ar que resultavam numa maior velocidade de ponta dos seus adversários.

 

Em fim-de-semana de aniversário, Pedro Salvador (Speedy Motorsport) era acompanhado por José Carlos Pires (Atomic-Mageltech) na luta pelo comando da prova, ambos à procura de pressionar o líder David Henderson e defender-se do pelotão de ingleses que seguiam atrás.

 

E foi um incidente entre três carros da série promovida pela McMillan Motorsport que acabaria por trazer ainda mais indefinição a esta corrida, agrupando os participantes com a entrada do safety-car à passagem da 2ª volta.

 

RESULTADO INESQUECÍVEL

No seu retomar, quando restavam cerca de 9 minutos para o fim da prova, Salvador acabaria por ganhar uma distância de cerca de 1s para José Carlos Pires, que realizou a volta mais rápida da corrida. A partir daí, o líder do campeonato desenvolveu um combate muito particular contra David Henderson.

 

As trocas de posições sucediam-se entre estes dois pilotos, mas seria o português a cruzar a linha da meta no 1º posto, vencendo à geral e na categoria, e assinalando, deste modo, um Domingo de sonho, depois de no dia anterior ter festejado o seu 42º aniversário.

 

Satisfeito com a velocidade do seu carro, José Carlos Pires terminou em 2º entre os portugueses, à frente de J.J. Magalhães, que deste modo deu mais um pódio ao Team Norte.

 

Seguiram-se Sérgio Saraiva, que recompensou o excelente trabalhado realizado pelo Team Nova Driver na recuperação do carro após o episódio sofrido na Corrida 1 pelo primo David Saraiva, Francisco Villar (Speedy Motorsport), Diogo Tavares (CRM Motorsport), Gonçalo Lobo do Vale (BCM Sports) e Ricardo Rajani (Speedy Motorsport).

 

No 9º lugar, Luís Calheiros Ferreira (CRM Motorsport) ficou à frente de Diogo Costa (Team Norte), Daniel González-Vallinas (BCM Sports), Rodrigo Galveias (BCM Sports), Duarte Lisboa (Team Norte), Paulo Costa (Team Norte) e Rui Silva (BCM Sports).

 

CLASSE À PARTE

Nos S1600 Pro, Bernardo Bello (CRM Motorsport) esteve numa classe à parte durante a corrida, envolvendo-se em lutas com pilotos da mais potente categoria 420R e chegando a superá-los na classificação final.

 

O piloto do Caterham nº 57 aproveitou da melhor forma o infortúnio de Luís Filipe Oliveira (CRM Motorsport), forçado a abandonar à conta de um radiador furado — consequência dos destroços resultantes do incidente entre Caroline Everett, Paul Browse e Tim Child que provocou a entrada do safety-car nas voltas iniciais da corrida.

 

Realizando uma corrida tranquila, Pedro Falé (CRM Motorsport) terminou na 2ª posição e Francisco Figueiredo no lugar mais baixo do pódio, obrigado a reduzir o andamento na última volta de modo a proteger o motor do carro.

 

Na S1600 Business, José Kol Almeida (BCM Sports) voltou a subir ao lugar mais alto do pódio, à frente de Frederico Brion Sanches (BS Motorsport) e de André Matos (BCM Sports), com este a repetir o pódio obtido na Corrida 1 pelo colega de equipa, Tiago Sousa, e a festejá-lo de forma entusiástica pela primeira vez na carreira. No 4º lugar da classe, o estreante Stéphane Picciotto, ao volante do Seven assistido pela Comval.

 

Vítimas dos incidentes de Sábado, Bruno Martins (CRM Motorsport) e Pedro Lacerda (BS Motorsport) não alinharam nesta corrida do Super Seven by Toyo Tires.

 

AMBIENTE FANTÁSTICO

Instigado a fazer o balanço da 5ª ronda do campeonato, Tiago Raposo Magalhães salienta a imprevisibilidade acrescida das corridas partilhadas com a 7 Race Series e o ambiente fantástico gerado pelo convívio entre portugueses e ingleses:

 

“As corridas do Super Seven by Toyo Tires são sempre marcadas pela indefinição dos resultados, e mais ainda quando temos a sorte de poder contar com 63 carros em pista, fruto da presença já habitual da série homóloga promovida pela McMillan Motorsport”, destaca o responsável da CRM Motorsport.

 

“Os riscos são maiores, mas penso que os pilotos estiveram à altura das exigências do momento, particularmente na corrida de hoje, exibindo o fair-play que caracteriza o Troféu de maior longevidade do automobilismo nacional. Parabéns a todos!”

 

Decorrida a passagem pelo Autódromo Internacional do Algarve, as emoções do Super Seven by Toyo Tires regressam a 22 de Novembro, para a última ronda do Troféu monomarca, integrada na 9ª edição do Estoril Racing Festival.

 

 

 

Classificação Corrida 2

1 – #25 Pedro Salvador (1º 420R)

2 – #14 David Henderson

3 – #125 Justin Armstrong

4 – #32 Lee Wiggins

5 – #53 José Carlos Pires (2º 420R)

6 – #103 Danny Winstanley

7 – #21 J. J. Magalhães (3º 420R)

8 – #333 Sérgio Saraiva (4º 420R)

9 – #118 Phil Jenkins

10 – #34 Francisco Villar (5º 420R)

11 – #109 Danny Killeen

12 – #777 Chris Wright

13 – #90 Jay McCormack

14 – #7 Diogo Tavares (6º 420R)

15 – #30 Gonçalo Lobo do Vale (7º 420R)

16 – #20 Steve Day

17 – #119 Mark Stansfield

18 – #33 Ricardo Rajani (8º 420R)

19 – #8 Luís Calheiros Ferreira (9º 420R)

20 – #23 Diogo Costa (10º 420R)

21 – #26 Paul Vernon

22 – #81 Daniel González-Vallinas (11º 420R)

23 – #28 Rodrigo Galveias (12º 420R)

24 – #555 Russ Olivan

25 – #2 John Reid

26 – #888 Chris Lay

27 – #102 Matthew Reeve

28 – #71 Alan Cooper

29 – #19 Duarte Lisboa (13º 420R)

30 – #11 Andrew Perry

31 – #136 John Ogilvie

32 – #39 Mark Drain

33 – #58 Nick Jones

34 – #57 Bernardo Bello (1º S1600)

35 – #100 John Shiveral

36 – #29 Paulo Costa (14º 420R)

37 – #47 Tom Hayman-Joyce

38 – #68 Ian Dyble

39 – #70 Kevin Cooper

40 – #16 Martin Jeffs

41 – #55 Rick Potter

42 – #166 Tom Overton

43 – #83 Keith Ashworth

44 – #10 Pedro Falé (2º S1600)

45 – #5 Carl Nairn

46 – #48 Anthony Jaffe

47 – #12 José Kol Almeida (1º S1600 BUS)

48 – #3 Gonçalo Guedes (15º 420R)

49 – #127 Tim Rowbottow

50 – #77 Frederico Brion Sanches (2º S1600 BUS)

51 – #31 André Matos (3º S1600 BUS)

52 – #18 Francisco Figueiredo (3º S1600)

53 – #66 Stéphane Picciotto 41º S1600 BUS)

54 – #54 Billy Nairn

NC

#49 Jamie Bashall

#171 Martin Amison

#22 Paul Browse

#24 Luís Filipe Oliveira

#99 Caroline Everett

#129 Tim Chil

 

 

 

Scroll To Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com