Terça-feira , Julho 23 2019
ÚLTIMAS
Home / RALI / Terceira PEC foi madrasta para António Oliveira
Terceira PEC foi madrasta para António Oliveira

Terceira PEC foi madrasta para António Oliveira

 

 

 

A sorte andou arredada, no Rali de Vieira do Minho, da dupla António Oliveira/Luís Boiça.

Na prova disputada no passado domingo, António Oliveira e Luís Boiça, tiveram de participar com um carro “emprestado”. Oliveira, explica-nos como foi. “O Peugeot 205 GTi, com que costumamos participar, não ficou pronto, a tempo desta prova. Estivemos para não alinhar, mas os meus filhos insistiram para que fizesse este Rali. Para isso, emprestaram-me o meu antigo carro, também um 205 GTi”.

Um carro com uma preparação menor, mas que deu para começar a prova entre os 10 primeiros. Estavam em nono, no final da segunda classificativa.

Mas, o azar continuou. “Estava a decorrer bem, a segunda passagem por Senhora da Fé, que era a terceira Prova Especial. De repente o motor calou-se e ficamos parados. Foi um pequeno fusível que levou a isso. Mudamo-lo e continuamos, mas já com muito atraso”, explicou António Oliveira.

Nesse troço, perderam cerca de 6 minutos e passaram para a cauda do pelotão. Nas três PEC’s que faltavam, ainda conseguiram recuperar posições, mas terminaram em 14ª., sexto do Grupo X2. Grupo em que António Oliveira compete e no qual estava em segundo antes desta jornada,

Vamos ter de aguardar pela derradeira prova deste Campeonato Norte de Ralis, que se realiza dias 24 e 25 de novembro, o Rali de Mondim de Bastos, para confirmamos até que ponto esta jornada foi azarada para António Oliveira e Luís Boiça.

 

 

 

Scroll To Top