Sábado , Março 23 2019
ÚLTIMAS
Home / RALI / Tiago Gomes e António Moreira disputam título nos Quad
Tiago Gomes e António Moreira disputam título nos Quad

Tiago Gomes e António Moreira disputam título nos Quad

Depois de três etapas na serra beirã, duas no Alentejo e uma no Algarve, o Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno regressa agora ao Alentejo para, sob a batuta do Automóvel Clube de Portugal, se disputar, na Baja 500 Portalegre, a sua derradeira jornada.

António Maio, Tiago Gomes e João Lopes lideram respetivos campeonatos

De registar, à partida para esta derradeira jornada, o título já conquistado por João Lopes, entre os UTV/Buggy, depois de, aos comandos do seu Polaris, ter obtido quatro triunfos em cinco pontuações possíveis. Também António Maio, nas motos, tem exercido forte domínio, já que o piloto da Yamaha venceu as quatro corridas que disputou. Uma queda antes da prova de Idanha impediu-o de participar na prova beirã e remeteu a luta pelo título para Portalegre, o que acontece pelo terceiro ano consecutivo. Já nos Quad as vitórias foram repartidas entre Tiago Gomes, que lidera o campeonato aos comandos de uma Suzuki, o veterano António Moreira e Beto Borrego, ambos em Yamaha, com este último a vencer por três vezes. Todavia só os dois primeiros podem aspirar a ser campeões.

António Maio a um 5º lugar do título

Numa temporada em que, nas duas rodas, o centro das atenções continua a ser o tradicional duelo entre o atual campeão Mário Patrão e o sempre candidato ao título António Maio, a balança está a pender para este último que soma quatro vitórias. O piloto da Yamaha necessita apenas de 11 pontos (o que corresponde a um 5º lugar) para se sagrar campeão nacional.
A classe TT1 tem sido a mais interessante de acompanhar. Em cinco corridas houve três vencedores diferentes: Luís Oliveira venceu em Góis, o campeão Sebastian Buhler triunfou na Ferraria e em Idanha, sendo que em Loulé e Proença o mais rápido foi Gustavo Gaudêncio. Apesar disso, é Ruben Faria quem lidera nesta sua aventura pela classe das motos de menor cilindrada, ocupando ainda a terceira posição absoluta do campeonato. De salientar que Buhler, que esteve ausente por lesão em três corridas, está afastado da luta pelo título, numa jornada em que de regresso está Luís Oliveira que apenas participou na prova de abertura da temporada.
Na Classe TT2, António Maio lidera à frente de Mário Patrão e David Megre (separados por um ponto). Hélder Rodrigues ocupa o 4º lugar e todos ainda podem aspirar ao título. Na Classe TT3 a liderança pertence a Fausto Mota (KTM) que reparte com Luís Teixeira (Yamaha), o atual campeão, as vitórias em 2015. Um duelo que dá vantagem ao piloto da KTM, a quem basta terminar Portalegre em 4º lugar.
Se entre os Veteranos o título já está entregue a Luís Aguiar (KTM) o mesmo não acontece na promoção onde João Piloto necessita de somar apenas 5 pontos para assegurar o título, podendo até não necessitar de nenhum, dependendo do resultado do seu adversário direto, João Ricardo Carvalho.
De salientar, nas duas rodas, o regresso de Domingos Santos, campeão TT1 em 2013, que se irá apresentar aos comandos de uma portuguesa AJP PR5.

Tiago Gomes do Free Style ao TT

Entre os Quad a temporada tem sido marcada por inúmeras surpresas e infelizmente alguns dissabores. O piloto de Freestyle Tiago Gomes venceu a primeira corrida, Beto Borrego triunfou na Ferraria de forma destacada e em Loulé coube ao veterano António Moreira subir ao lugar mais alto do pódio. Beto Borrego, que entretanto foi forçado a desistir por duas vezes, regressou aos triunfos em Proença e repetiu a dose em Idanha, o que mesmo assim não foi suficiente para se manter na luta pelo título. Gomes e Moreira estão separados por escassos seis pontos. A Moreira só o triunfo em Portalegre lhe permitirá sonhar com o título e nesse caso Gomes teria de ser segundo para lá chegar.
Resta acrescentar que a estes três cotados nomes se juntam em Portalegre os de André Carita (vencedor em 2013) e Ruben Alexandre, entre 35 pilotos inscritos.

João Lopes campeão UTV/Buggy

Na competição destinada aos UTV/Buggy, que irá contar com quase quatro três dezenas de concorrentes, o campeão de 2012, João Lopes, já assegurou antecipadamente o título. Foi o mais rápido em todos os prólogos e venceu quatro das cinco corridas. Os espanhóis Teo e Roberto Viñaras, assim como Vítor Santos e também Bruno Martins são todavia pilotos que mantém um andamento muito próximo de João Lopes e qualquer um deles é sempre candidato ao triunfo.
Na segunda posição do campeonato está todavia o jovem Miguel Jordão, que lidera a classe Promoção, um ponto à frente de Pedro Santinho Mendes, mas com menos um resultado. O espanhol Teo Viñaras, que venceu em Loulé, ocupa o quarto lugar em igualdade pontual com a francesa Dorothee Ferreira que assegurou já o título entre as Senhoras e também entre os Veteranos. Todos os cinco primeiros lugares são ocupados por pilotos Polaris.
Destaque na prova de Portalegre para a estreia do Polaris RZR XP Turbo pelas mãos de João Lopes e eventualmente de outros pilotos. Estreia-se também o Smart Hayabuza 4WD contruído e pilotado por Jorge Branco.

Desafio Polaris e Classe Hobby
A prova organizada pelo ACP será ainda a quarta e derradeira etapa do Desafio Polaris ACE 570 – competição que tem Ricardo Megre na liderança – e está ainda aberta a pilotos não licenciados que podem correr na classe Hobby.

A Baja 500 Portalegre compreende um prólogo com 5,52 km de extensão e um segundo troço cronometrado (SS2) de 85 km que terão lugar na sexta-feira dia 23. No dia seguinte os concorrentes enfrentarão mais um setor seletivo (SS3) com cerca de 350 km.

Classificações do Campeonato
Moto: 1º António Maio, 80 pontos; 2º Mário Patrão, 71; 3º Ruben Faria, 58; 4º Fausto Mota, 53; 5º Gustavo Gaudêncio, 53; 6º Hélder Rodrigues, 46.
Quad: 1º Tiago Gomes, 84; 2º António Moreira, 78; 3º Beto Borrego, 60; 4º André Carita, 24; 5º Alexandre Silva, 21; 6º António Azevedo, 19.
UTV/Buggy: 1º João Lopes, 80; 2º Miguel Jordão, 57; 3º Pedro Santinho Mendes, 56; 4º Teo Viñaras, 52; 5º Dorothee Ferreira, 52; 6º Vítor Santos, 40.
Desafio Polaris ACE 570: 1º Ricardo Megre, 52 pontos; 2º Joana Lopes, 34; 3º Filipe Ferreira, 29; 4º Alexandre Freitas, 22.

 

Scroll To Top