Sábado , Novembro 16 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Tiago Monteiro do sonho ao pesadelo
Tiago Monteiro do sonho ao pesadelo

Tiago Monteiro do sonho ao pesadelo

Quando se chega à última jornada da temporada depois de uma ano com altos e baixos onde pódios e vitórias foram roubados devido a pequenos problemas, o maior desejo é vingar todos esses percalços e terminar em época em alta. Era o que estava a acontecer a Tiago Monteiro e à Honda na derradeira corrida da época do WTCC num dos mais emblemáticos circuitos do mundo, o da Guia em Macau.

Depois do quarto lugar na primeira corrida do fim-de-semana, o piloto português apontava a mira para a última corrida, aquela em que estava na quarta posição da grelha e lhe dava maiores hipóteses de ser bem sucedido. E o plano estava a decorrer conforme previsto. De forma brilhante assumiu o comando da prova e nem mesmo a entrada do ‘safety-car’ perto do fim, lhe roubou a confiança de subir ao lugar mais alto do pódio. Mas, o destino foi traiçoeiro e na última volta da prova a direcção cedeu e Tiago viu o sonho tornar-se no maior dos pesadelos.

“Este é o pior dos desfechos para qualquer piloto. Já tive momentos complicados em inúmeras provas na minha carreira, mas este é especialmente difícil. Difícil de aceitar e de entender. Por mais que tenha consciência que fiz uma corrida exemplar, ver a vitória escapar na última volta por um problema mecânico é muito frustrante. Seria uma vitória muito especial, pelo facto de termos tido um ano exigente e muitas vezes difícil, por estarmos a correr em Macau, por ser o último ano nesta pista e por todos na equipa merecerem esta vitória. Estou triste por mim, pela equipa e por todos aqueles que me apoiam e que estou certo sentem a minha angustia. Mas, como diz o velho ditado, aquilo que não nos mata, torna-nos mais fortes. Há que seguir em frente”, referiu Tiago Monteiro que com este infortúnio teve de se contentar com o quinto lugar no Campeonato mas que centra atenções na época que se avizinha e que em menos de nada estará novamente em pista.

Apesar de ter perdido por várias vezes lugares no pódio e até vitórias, Tiago conseguiu este ano cinco subidas ao pódio.

 

Scroll To Top
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com