Domingo , Março 24 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Transmissão partida ditou desistência de Joana Barbosa na Rampa de Murça
Transmissão partida ditou desistência de Joana Barbosa na Rampa de Murça

Transmissão partida ditou desistência de Joana Barbosa na Rampa de Murça

 

Uma transmissão partida deitou por terras as aspirações de Joana Barbosa na Rampa de Murça, a quinta etapa do Campeonato Nacional de Montanha que teve lugar este fim de semana.
A tarefa da piloto de Braga, que está inscrita na Categoria 2 da competição, terminou na segunda subida de prova oficial, pouco depois do arranque, não deixando que recolhesse qualquer ponto na jornada organizada pelo Clube Aventura do Minho.
Joana Barbosa ainda cumpriu as duas subidas de treinos e a primeira subida oficial, melhorando o seu tempo inicial, mas foi forçada a abandonar, pois teria que cumprir duas das três subidas oficiais para pontuar e ficou-se pela primeira: “Para além da transmissão partida também se estragaram os rolamentos e não houve possibilidades de reparar”, adiantou a piloto da Capital do Minho, salientando ainda “Foi pena, pois não deu para pontuar nesta prova muito técnica, complicada de fazer, mas eu estava a tentar, e não deu para mais”.
Estes problemas foram sentidos nos primeiros metros dessa segunda subida: “Quando eu arranquei, quem me viu, notou alguém barulho estranho e pouco andei, ou seja, nem cheguei a meio da Rampa”, esclareceu ainda Joana Barbosa, que obviamente ficou triste com este azar: “Gostava de notar a minha progressão do ano passado para este e não foi possível. Fica para o ano. Agora é tempo de férias e vou pensar com toda a ambição na Rampa de Cerveira, no final do mês de Agosto”, concluiu.

 

Scroll To Top