Domingo , Maio 19 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Trio feminino bracarense quer brilhar na Rampa da Falperra
Trio feminino bracarense quer brilhar na Rampa da Falperra

Trio feminino bracarense quer brilhar na Rampa da Falperra

 

A 37ª edição da Rampa da Falperra, agendada para 6 a 8 de Maio, conta este ano com três presenças femininas que vão dar, por certo, um toque especial à prova do Campeonato Europeu e Nacional de Montanha.
Joana Barbosa, Adriana Barbosa e Sofia Mouta, três pilotos da capital do Minho, não podiam faltar à prova mais emblemática de Braga e uma das mais importantes a nível nacional.
Joana Barbosa, este ano dedicada ao Campeonato Regional de Ralis Norte, volta agora à Montana com o seu Abarth 500 R3T: “Será a terceira vez que estou na Falperra e o objetivo é fazer a melhor subida possível e conseguir melhorar o meu tempo”, avança a piloto que justifica o regresso à esta modalidade: “Gosto muito da montanha, principalmente da Falperra, que tem um encanto especial por ser uma prova internacional e ser rampa da minha cidade”. A piloto de Braga, não podia faltar a esta jornada: “Para além de tudo, é uma prova internacional, com um ambiente espetacular e que proporciona sempre ótimos momentos”, concluiu a piloto apoiada pela Cofidis.
Adriana Barbosa, por seu lado, regressa agora à competição, depois de o ano passado apenas ter alinhado nesta prova. Aos comandos de um Abarth 500 com as especificações de Troféu: “Esta é uma das minhas provas preferidas. O objetivo, além do divertimento, que é garantido, é evoluir na minha prestação para assim dar o melhor retorno aos patrocinadores”, esclarece, reconhecendo: “É com enorme satisfação que estou de regresso à Rampa é sempre bom estar de regresso a uma das provas mais emblemáticas do panorama nacional”.
Adrianda Barbosa sublinha ainda as razões da sua presença: “É uma das provas mais emblemáticas a nível nacional. É realizada na minha cidade, que é da mesma zona geográfica dos patrocinadores, o que faz com que esta participação se torne importante a vários níveis”, concluiu.
Sofia Mouta, este ano, está como navegadora nos ralis de Joana Barbosa, mas também não é a primeira vez que alinha ao volante na Falperra: “O Campeonato de Montanha sempre foi a minha segunda casa e vai ser especial poder alinhar com um carro clássico (VW Scirocco) numa rampa como esta. Espero melhorar os meus tempos do ano passado, mas acima de tudo espero divertir-me”, diz a piloto, que acrescenta: “O facto de contar para o Campeonato Europeu de Montanha e de atrair muito público ao longo de todo o fim-de-semana, e ainda ter sido aqui que vi as primeiras provas de automobilismo, faz com que a presença, todos os anos, nesta rampa da minha cidade, seja especial”.

 

Scroll To Top