Sábado , Junho 6 2020
ÚLTIMAS
Home / TODO-O-TERRENO / Tudo a postos para inicio Baja TT Idanha-a-Nova
Tudo a postos para inicio Baja TT Idanha-a-Nova

Tudo a postos para inicio Baja TT Idanha-a-Nova

A Baja TT Idanha-a-Nova começa já na próxima Sexta – Feira, com a disputa da Super-Especial, para os concorrentes aos campeonatos do mundo, europa e nacionais de motos, autos, quads e buggies, com a Escuderia Castelo Branco a receber mais de uma centena de inscrições,  em que todos os nomes sonantes do TT Internacional e Nacional, fizeram questão de estar presentes.

 

Este ano o percurso da prova organizada pela Escuderia Castelo Branco, sofreu alterações profundas, a começar pelo sentido da corrida que foi invertido, para além de serem introduzidos setores novos, que elevaram a quilometragem total da Baja, para mais de 350 Km. São dois percursos de cerca de 175 Km após uma super-especial com pouco mais de cinco, desta vez com uma paragem  obrigatória para assistência de 15m, antes do reagrupamento que antecede a segunda volta pelo mesmo traçado. As motos cumprem o mesmo percurso da super-Especial, fazendo depois um percurso reduzido na pista, como primeira secção, na manhã de sábado, para depois também cumprirem os 175 Km totais da pista, ao início da tarde.

 

Saliência para o facto de nas motos e quads, se tratar de uma prova internacional, a contar para os Mundiais e Europeus desta categoria, com o português Bianchi Prata a ser o homem a seguir, pois encontra-se apenas a dois pontos de Rudolf Lothski, e pela sua experiência, pode perfeitamente garantir o comando do campeonato em Idanha.

 

Nos quads, entre os estrangeiros, o comando está nas mãos de Kamil Wisniewki, com uma magra diferença sobre Arkadiusz Bernat, pelo que se espera igualmente uma luta interessante pelo primeiro lugar.

 

De qualquer forma, tanto nas motos como nos quads, são os portugueses que detêm todo o favoritismo – Mario Patrão, António Maio, Domingos Santos, David Megre, Helder Oliveira e Ruben Faria entre as duas rodas, e Roberto Borrego, André Mendes e Luis Enjeitado, nos quad, entre outros – pelo que muito dificilmente não teremos aqui uma vitória nacional.

 

Nos UTV – Buggy, a lista conta com toda a “nata” dos pilotos nacionais desta categoria, Nuno Tavares, Roberto Gallart e a dupla, João Dias / João Filipe, que terão pela frente os melhores europeus da especialidade, Wisniewski Tadeuz, Gianmarco Fossa, Graziano Scandola e Raffaelo Manenti.

 

Entre os carros as maiores novidades passam pela participação de Manuel de Mello Breyner – Presidente da FPAK, aos comandos de uma Nissan Navara, levando no banco do lado direito, Emídio Guerreiro, Secretário de Estado do Desporto e Juventude, que assim quer sentir por dentro as emoções de uma competição que segue e admira.

 

Esta equipa trará consigo uma equipa do Instituto Nacional de Sangue e publicidade à campanha “Dê Sangue – Salve Vidas” na Nissan Navara preparada pela TIM Competição para esta prova, estando prevista uma ação de informação e sensibilização da iniciativa no Parque de Assistência da Prova, junto de concorrentes, assistências e público.

 

Estreia também do novo Depiéres Proto 4X2 pilotado por Hélder Oliveira, acompanhado por Nuno Rodrigues da Silva e regressos de Rui Sousa e Nuno Matos ao TT Nacional e de Manuel Porém ao lado do seu irmão Ricardo Porém,  líder provisório do Campeonato Absoluto deste ano, à frente de Rómulo Branco e José Mendes, que juntamente com Miguel Barbosa, completam o lote dos pilotos mais favoritos,  para a obtenção da vitória desta Baja, onde também terá muito interesse a luta pelos campeonatos T2 e T8, muito disputados este ano.

 

Scroll To Top