Sábado , Julho 2 2022
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Valpaços consagrou campeões
Valpaços consagrou campeões

Valpaços consagrou campeões

No derradeiro momento do calendário 2022 do campeonato nacional de enduro, realizado este fim‑de‑semana em Valpaços, Luis Oliveira regressou ao título absoluto na modalidade, recuperando uma corôa que tinha sido sua pela última vez em 2018.

Com 12 pontos de vantagem face a Diogo Ventura antes dos derradeiros dois dias de competição o piloto de Belas não tinha que obrigatoriamente vencer e bastava gerir ambas as jornadas rumo ao topo da disciplina.

Como se esperava os dois candidatos ao título travaram um intenso duelo logo no primeiro dia de competição. Com três rondas pelas três especiais desenhadas para receber a caravana Luis Oliveira foi o vencedor em seis dos nove confrontos contra o cronómetro e apenas por um momento Oliveira perdeu o comando da classificação geral quando Diogo Ventura venceu na segunda passagem pela ‘Cross-Test’, com Oliveira a recuperar logo a primazia na especial seguinte, precisamente no início da derradeira volta da jornada.

No final Luis Oliveira bateu Diogo Ventura com pouco mais de seis segundos de diferente, terminando Morgan Lesiardo em terceiro a mais de 36 segundos de Oliveira. O quarto seria Gonçalo Reis na frente de Renato Silva.

No segundo dia de competição Morgan Lesiardo foi mais ficaz nas especiais ao longo das três voltas e depois de uma ronda inaugural onde venceram Luis Oliveira, Diogo Ventura e o piloto italiano era mesmo este o comandante da geral, posição que perdeu de seguida quando Oliveira venceu na segunda passagem pela ‘Extreme Test’, ataque ao qual Lesiardo respondeu prontamente para recuperar o comando na ‘Enduro Test’. Luis Oliveira voltou a ser o piloto com mais vitórias em especiais, num total de 5, Morgan Lesiardo venceu três e Diogo Ventura foi o mais eficaz na luta contra o cronómetro em apenas 1 especial. Na contabilidade final foi Lesiardo o primeiro com pouco mais de três segundos de vantagem face a Luis Oliveira que voltou a bater Diogo Ventura e assim fechou em definitivo o duelo pela vitória no campeonato, colocando assim um ponto final na hegemonia que Ventura tinha nos últimos anos na modalidade.

Diogo Ventura foi o terceiro no final deste derradeiro dia de nacional de enduro, terminando na frente de Renato Silva e Gonçalo Sobrosa.

Por classes Luis Oliveira venceu em ambos os dias na Elite 1, Diogo Ventura e Morgan Lesiardo dividiram o primeiro lugar em Elite 2, Frederico Rocha venceu ambos os dias na Open em termos absolutos e Open 1 para se sagrar campeão nacional na classe, sendo que em Open 2 foi Bruno Charrua o vencedor em ambos os dias de competição. Na contabilidade dos Verdes mais uma dupla vitória em termos absolutos e Verdes 1 para Fábio Costa, sendo que o vencedor em Verdes 2 no primeiro dia foi Nuno Pereira e no dia final a vitória foi para Filipe Silva. Em Verdes 3 o primeiro em ambos os dias foi Bruno Freitas. Nos Veteranos duas vitórias mais para Manuel Moura, Rita Vieira fez o mesmo nas Senhoras e conquistou o seu primeiro campeonato nacional – tinha ganho anteriormente em formato troféu – e Fábio Costa foi igualmente o vencedor na Youth Cup. Em Super Veteranos Paulo Miranda foi o melhor no primeiro dia mas no dia seguinte foi João Moreira o primeiro classificado.

Fechou assim da melhor forma a época 2022 no nacional de enduro, sendo definidos os primeiros campeões do ano desportivo.
 

RESULTADOS COMPLETOS

&nbsp

Scroll To Top
Posting....