Domingo , Dezembro 16 2018
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Vasco Barros levou melhor sobre Luis de Barros em Jarama
Vasco Barros levou melhor sobre Luis de Barros em Jarama

Vasco Barros levou melhor sobre Luis de Barros em Jarama

LCC 2º corrida

Mais uma discussão familiar, mas desta vez foi o filho Vasco Barros (Mercedes 190 E DTM) quem levou a melhor sobre Luís de Barros (Ford Sierra RS500) e ganhou a Classe Especial. Ao pai coube a vitória nos LCC 90, depois de ter sido o segundo a cortar a meta.

Paulo Mendes levou o Citroen Saxo à vitória no LCC 99, levando a melhor sobre concorrentes, aparentemente melhor equipados, como era o caso de Rui Gonçalo em BMW M3, que foi segundo.

André Martins (Alfa-Romeo 156) voltou a impor-se no Desafio Único FEUP 3. António Ferreira (Alfa-Romeu 156) foi o segundo.

No Desafio Único FEUP 2, Manuel Sousa (Fiat Punto) venceu, batendo Diogo Gonçalves (Fiat Punto), por seis décimas.

Carlos Gonçalves (Fiat Uno) ganhou entre os LCC99, na Taça 1300.

jarama vbarros domingo Vasco Barros (Mercedes 190 E DTM)

1ª corrida

Foi uma espécie de disputa familiar, que definiu as posições da frente nos Legends. Luís de Barros (Ford Sierra RS500) levou a melhor e dessa forma venceu os LCC 90. Na classificação geral a oposição acabou por ser encarnada pelo seu filho, Vasco Barros (Mercedes 190 E DTM), que ao ser o segundo a cortar a meta, foi também o vencedor da Categoria Especial.

Igualmente próximo rodou João Novo (Ford Sierra RS 500), que cortou a meta em terceiro e foi o segundo nos LCC 90, categoria que discutiu com Luis de Barros. Herculano Antas (BMW M3) voltou a dar nas vistas e sem sair do grupo da cabeça da corrida ganhou nos LCC 99, em que o segundo foi Paulo Mendes (Citroen Saxo).

André Martins (Alfa-Romeo 156) levou a melhor sobre Vítor Ramos (Alfa Romeo 156), na luta pela vitória entre no Desafio FEUP 3. Nos FEUP 2, Diogo Gonçalves (Fiat Punto) foi quem levou a melhor, numa luta em que Pedro Oliveira (Fiat Punto) foi segundo.

Por fim, na taça 1300 LCC99, vitória de Carlos Gonçalves (Fiat Uno 70 SX).

jarama lcc partida1

CNCC

João Pedro Macedo e Silva (Porsche 911) voltou a vencer, foi o primeiro a cortar a meta e assim ganhou os Históricos de 75, com uma vantagem confortável sobre o segundo classificado, Rui Azevedo (Ford Escort).

Sérgio Soares (BMW 2002) cortou a meta em terceiro e dessa forma foi o vencedor dos H71, depois de uma luta bem interessante com Francisco Mora (Porsche 911 RSR), que simultaneamente foi o vencedor dos Históricos de 81.

Rómulo Mineiro (Ford Escort) voltou a ganhar o Grupo 5.

Na Taça 1600, Históricos de 65 Luís Sousa Ribeiro, mais uma vez ditou lei com Ford Cortina Lotus.

Na Taça 1000, vitória para Nuno Dias (Fiat 127 Abarth) nos H71 e nos H75 quem ganhou foi Sérgio Monteiro (Autobianchi A112)

jarama macedo domingo João Pedro Macedo e Silva (Porsche 9111) jarama bmw2002 domingo Sérgio Soares (BMW 2002) jarama mora Momento curioso da prova, a discussão familiar de Francisco Mora pai (Porsche 911 RSR), com Francisco Mora filho (Ford Escort)

CNCC1300

Paulo Antunes (Datsum 1200) deu-se bem o traçado de Jarama e voltou a vencer, pela segunda vez no fim-de-semana.

A oposição foi protagonizada por Pedro Miguel Gaspar (Datsun 1200 Coupê), o segundo no Campeonato dedicado aos 1300. No entanto este segundo posto não foi “pêra doce”, pois José Fafiães (Datsun 1200) lutou até ao fim e cortou a meta a 1,9s de poder melhor do que terceiro classificado.

Arnaldo Marques (Datsun 1200) foi quarto, à frente de Bruno Pires (Datsun 1200) e de Nuno Dias, que como vimos já, ganhou a Taça 1000 H75, sendo sexto no CNCC1300.

jarama antunes domingo Paulo Antunes (Datsum 1200)

Classificações disponíveis em: http://www.cronococa.com/Fichero.aspx?id=3999

 

Scroll To Top