Sexta-feira , Abril 26 2019
ÚLTIMAS
Home / VELOCIDADE / Victória inesperada para a dupla Brizido / Pina Cardoso em Porsche 911
Victória inesperada para a dupla Brizido / Pina Cardoso em Porsche 911

Victória inesperada para a dupla Brizido / Pina Cardoso em Porsche 911

  • Mais de 400 clássicos embelezaram o paddock interior

 

O calor de Jerez não intimidou pilotos e máquinas que, pelo segundo dia consecutivo, se lançaram para a pista e, perante muitos espectadores, criaram uma grande corrida, à boa maneira das épicas jornadas de resistência de antigamente. Em mais um confronto do Iberian Historic Endurance, a dupla Brizido/ Pina Cardoso, beneficiando da entrada do safety car, venceu, num evento que concentrou mais de 400 clássicos no paddock interior, numa verdadeira demonstração de paixão pelo automobilismo.

 

O Circuito de Jerez voltou a vestir o seu traje de gala para o segundo dia do evento Jerez 30 – La Leyenda, no qual as corridas do Iberian Historic Endurance foram cabeças de cartaz. Os impressionantes modelos de competição, entre Porsche, Lotus, Ford, BMW, Alfa Romeo, Mini ou Shelby, entre outros, foram, de novo, alvo de todas as atenções dos inúmeros espectadores presentes ao longo de dois dias de competição incluindo 400 veículos clássicos na maior concentração da Andaluzia.

Em mais um confronto na pista andaluz, o primeiro líder do pelotão foi o vencedor da corrida 1, Carlos Barbot em Lotus Elan. No entanto, rapidamente a dupla Ferreira / Carvalho passou para a frente com Barbot e Jorge Cruz, em BMW 323i, a menos de 3 segundos de distância. Aos 20 minutos de corrida, ao final do primeiro turno de condução, o Ford Escort teve um problema numa roda, desistindo da prova, obrigando à entrada do Safety Car. Quem mais beneficiou com esta situação foi a dupla Brizido / Pina Cardoso, que saltou da 4ª para a 1ª posição após a troca de pilotos.

Tudo indicava a vitória do Porsche português, no entanto, um drive through aplicado por uma entrada demasiado cedo na troca de pilotos fez com que o Porsche caísse para a 2ª posição, e o Lotus Elan de Barbot recuperasse o primeiro lugar. A situação manteve-se assim durante 2 voltas, mas a 4 voltas do final da partida, a dupla Brizido / Pina Cardoso com um andamento fantástico, conseguiu ultrapassar Barbot e garantir a sua primeira vitória de sempre, e um lugar no “Hall of Fame” do Iberian Historic Endurance, e consequentemente na categoria H-76. Em segundo e terceiro lugar da categoria, subiram ao pódio Paulo Antunes em Datsun Sunny 1.4 e a dupla Nogueira / Cruz em Ford Escort RS 2000 MK1.

Nos H-65, vitória para Carlos Barbot em Lotus Elan (segundo mais rápido em pista), seguido por Nuno Nunes no fantástico Shelby Mustang e Luis Sousa Ribeiro em Ford Cortina Lotus.

Já nos H-71, o primeiro lugar pertenceu à dupla estreante Silva / Bravo em Alfa Romeo GTAm, com o segundo lugar a ser assegurado por António Gutierrez no potente Porsche 911 ST e o terceiro por José Carvalhosa, também em Porsche 911 ST.

Destaque para o BRM Index de Performance, a competição mais importante do Iberian Historic Endurance. Nesta, Vincent Tournet foi o grande vencedor com o Porsche 356 Speedster. O piloto francês bateu a dupla Carlos Barbot, que garantiu o segundo lugar, e a equipa Vaz/Soares, com o Datsun 1600 SSS em terceiro.

“Chega ao fim um fim-de-semana de muito calor e que teve 2 novos nomes a colocar a sua marca no Hall-of-fame. Com uma conjugação de muitos e bons inscritos, nas provas de resistência são preciso realmente as condições ideais de estratégia, uma boa mecânica e uma dupla de Pilotos rápida e fiável para conseguir a vitória final. Assim, temos pilotos que vêm principalmente para se divertir em vez de virem lutar pela vitória, e quando finalmente lhe ganham o sabor, é extramente melhor do que quando têm a vitória praticamente garantida à partida”, afirmou Diogo Ferrão, da organização da competição.

Concluída a ronda de Jerez, o Iberian Historic Endurance regressa às pistas entre os dias de 6 e 7 de Outubro no Estoril Classics Week.

 

Scroll To Top