Sábado , Maio 15 2021
ÚLTIMAS
Home / MOTOS / Vitórias a abrir temporada
Vitórias a abrir temporada

Vitórias a abrir temporada

No despertar de um novo ano de enduro foi a voz das Beta decoradas com as cores da equipa oficial do construtor italiano que mais alto se fizeram ouvir nas areias de Vila Nova de Santo André. No final de um animado e muito discutido dia de competição os pilotos oficiais das motos de Florença trouxeram para casa a vitória nas duas classificações maiores do campeonato pelas mãos de Gonçalo Sobrosa (Open) e Diogo Ventura (Elite), juntando ainda ambos as vitórias nas classes em parceria com Luis Cardoso, o vencedor nos Verdes 2.

Globalmente Diogo Ventura conseguiu finalmente vencer na Costa Vicentina depois de um dia bastante intenso – como esclarecem os três segundos de diferença no final do dia – vencendo em seis das 11 especiais realizadas e liderando a corrida desde a segunda especial.

‘Finalmente consegui vencer aqui e perante um adversário de muito respeito e muito forte neste tipo de piso. No ano passado perdi a corrida na derradeira especial, mas desta feita não me deixei surpreender.’ referiu Ventura depois de juntar o seu nome á lista de vencedores de uma prova realizada pela quarta vez.

Igualmente no degrau mais alto do pódio no final da competição Gonçalo Sobrosa foi forçado a fazer uma corrida de recuperação para regressar ao Parque Fechado como vencedor na Open. Vencedor em quatro das especiais foi mesmo na fase final da corrida que acabou por fazer a diferença com três especiais consecutivas a vencer para ascender ao degrau mais alto do pódio por menos de um segundo de diferença.

‘Não foi fácil, mas consegui no final o resultado que procurava. Foi muito bom pois sei que nas próximas provas vou estar mais confortável com o tipo de piso.’ comentou com um rasgado sorriso nos lábios o piloto.

Globalmente a prestação da equipa com sede em Guimarães foi bem positiva, com Renato Silva a regressar ao Enduro com um muito animador terceiro posto na Elite 2, Ricardo Wilson também se estreou na Elite com o quarto lugar na Elite 1 e João Hortega foi igualmente o 4º na Open 2.

‘Penso que era complicado pedir mais neste regresso ás corridas. Levamos para casa duas saborosas vitórias absolutas, três primeiros lugares à classe e quatro pódios. Foi para isso que nos preparámos e é para isso que trabalhamos com os nossos pilotos todos os dias. Nunca escondemos que queremos novamente vencer o campeonato e nada melhor para o fazer do que começar a vencer, especialmente com adversários de respeito como os que enfrentamos no campeonato nacional.’ palavras de Nuno Espinha, o responsável máximo pela equipa antes do regresso a ‘casa’ para dar início á preparação do próximo duelo, no dia 2 de Maio em Góis.

&nbsp

Scroll To Top